O inimigo é um só

Rodrigo Fialho

A ira de Deus se manifesta do alto céu contra toda a impiedade e perversidade dos homens, que pela injustiça aprisionam a verdade. Rom 1,18

A maioria dos cristãos no Brasil, tanto católicos quanto protestantes combatem o aborto, a união homoafetiva e a disseminação das drogas como se fossem inimigos de origens diferentes com objetivos completamente distintos. Enganam-se os que pensam dessa forma.

A raiz dessas mazelas é o Movimento Revolucionário e o principal objetivo desse Movimento é destruir os valores judaico-cristãos. Para entendermos um pouco melhor o que é o Movimento Revolucionário é necessário lermos com bastante atenção o artigo em que o filósofo brasileiro Olavo de Carvalho explica o fenômeno da mente revolucionária, característica essencial do Movimento Revolucionário: http://www.olavodecarvalho.org/semana/070813dc.html e ouvirmos a palestra do Padre Paulo Ricardo sobre Marxismo Cultural: http://padrepauloricardo.org/audio/marxismo-cultural/.

No Brasil, o Movimento Revolucionário composto por PT, PC do B, PPS, PV, PSOL, PSTU, PSB, PDT, PSDB, CUT, MST, parte da grande mídia e outros, adotou a ideia de destruir os valores morais cristãos vigentes no país. Como observou o Pe. Paulo Ricardo, a novela Roque Santeiro ilustra bem o início da tentativa de implodir as bases morais do povo brasileiro. Visando este fim, atualmente, os revolucionários, principalmente os que estão no governo, utilizam uma estratégia moderna e eficiente. Eles querem a todo custo aprovar leis que descriminalizam as principais mazelas que assolam o Brasil: aborto, tráfico de drogas e união homoafetiva. O STF atropelou o processo legislativo e já tornou legal a união entre pessoas do mesmo sexo. Não é necessário ser adivinho para saber quais serão os próximos passos do governo petista. Aborto e legalização das drogas não saem da agenda do governo e volta e meia são assuntos dos debates na câmara e no senado.

Isso significa que, ao contrário do que pensa a maior parte dos cristãos, não há diversos inimigos com objetivos específicos, todas essas mazelas tem a mesma origem e o mesmo objetivo. A legalização do aborto,  da união homoafetiva e do uso e  tráfico de drogas  fazem parte da estratégia revolucionária que visa demolir as bases morais da nação. Ou seja, o inimigo é o Movimento Revolucionário e o objetivo deste é destruir a moral judaico-cristã para facilitar a implantação de um regime totalitário de esquerda.

Portanto, não adianta combater essas mazelas separadamente. Se quisermos parar com toda essa destruição da moral e dos bons costumes, devemos fazer do Movimento Revolucionário o nosso alvo principal. Se quisermos mesmo evitar a degradação moral e espiritual do nosso povo, devemos assumir a missão de combater, com todas as nossas forças, esse Movimento ateísta, imoral e anticristão.

Anúncios

  1. Eu penso que o cerne dos movimentos revolucionários se encontre no fato de os homens nutrirem o desejo petulante de moldarem o mundo a sua imagem e semelhança, visando a construir uma sociedade “perfeita” sem ao menos provar a viabilidade dela primeiro. Quando o homem almeja ser Deus, ele encontra sua própria ruína.

  2. Maravilhoso post!
    Espero que com esta postagem as pessoas expandam suas mentes e passem a perceber este INIMIGO da sociedade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: