Explicando melhor a espiral do silêncio

Rodrigo Fialho | 29 Março 2010

Recentemente transcrevi os comentários  de Olavo de Carvalho sobre e teoria e a tecnica da espiral do silêncio. Porém, creio que por eu ter divido as trancrições em dois posts, o leitor não tenha tido a devida noção sobre o perigo que o uso dessa tecnica representa para a população. Por isso, resolvi novamente publicar as trancrições, dessa vez acompanhada de um comentário.   

O jornalista, escritor e filósofo brasileiro Olavo de Carvalho, que atualmente mora nos Estados Unidos, falou em seu programa de rádio online True Outspeak de primeiro de Março deste ano, sobre a teoria da espiral do silêncio, usada pela mídia para controlar o comportamento político da população. Olavo disse:

“Mídia, hoje, não é mais órgão de informação. Isso aí mudou muito nos últimos vinte anos. Ocultação, desinformação, acontecia antigamente, agora, mídia é um órgão de controle social e só. Não é para informar vocês. A mídia serve para recortar o que você pode ver e o que você não pode ver. A mídia mudou de natureza. Antigamente tinham vários jornais com opiniões diferentes. Antigamente tinha um governo ditatorial que impunha a sensura. Hoje em dia não é mais assim. A mídia se tornou um órgão controlador do que a população pode saber e não pode saber. Isso acontece porque está comprovado que, se você controla o fluxo de notícias, você controla a conduta política da população. Isso aí é a famosa teoria da espiral do silêncio, uma técnica altamente desenvolvida. Isso funciona até na escala da psicologia individual. Ou seja, controlando o fluxo de informação que o sujeito recebe, pode-se determinar a conduta dele de antemão. Isso já foi testado com indivíduos e também com massas. E as operações de manipulação nas quais isto está sendo usada são as mais criminosas da história humana”.

Uma semana depois, no True Outspeak do dia oito de Março, Olavo falou da técnica utilizada. Segundo ele:

“A notícia não vale pela sua publicação, mas pela sua repetição e pela sua exploração continuada. Quando a matéria sai uma vez só, não quer dizer nada. Mas, quando ela (a matéria) sai, e no dia seguinte tem uma continuação, e depois outra, aí começou a ficar importante, e é isso que fica registrado na memória popular. Ou seja, uma coisa é sempre falada sob diversos ângulos para disfarçar a repetição, ao passo que outra é noticiada uma única vez, discretamente, ou nem mesmo é noticiada. Depois de umas trinta repetições, a coisa vira um dogma e ninguém mais tem coragem de duvidar.”

Para uma pessoa normal, não é possível ler as palavras de Olavo sem sentir um tanto de angústia e até medo. O filósofo denuncia o que talvez seja o maior crime da história da imprensa. “Mídia se tornou um órgão controlador do que a população pode e não pode saber,” disse Olavo. Isso significa que as notícias que saem na televisão, nos jornais e nas revistas têm o propósito de controlar o comportamento político da população, transformando os cidadãos em “antas” que nem mesmo sabem o que se passa dentro do próprio país. E talvez você esteja se perguntando: Mas será que a mídia faz isso mesmo? Se você responder não às perguntas abaixo, é porque você é mais uma vítima deste “órgão controlador.”  Leia as perguntas:

• Você já viu uma reportagem sobre o Foro de São Paulo?

• Você sabe que o Foro de São Paulo é a entidade que comanda o processo revolucionário na América Latina?

• Você já viu na televisão, ou leu numa revista ou jornal, que Lula presidiu essa entidade por doze anos?

• Alguma vez você viu na televisão, ou leu numa revista ou jornal, notícia ou reportagem sobre a relação que o presidente Lula tem com as Farc?

•  Você já viu ou leu alguma notícia dizendo que Dilma Rousseff participou ativamente de um grupo guerrilheiro?

• Você já ouviu um jornalista dizer que Lula sabia do mensalão?

Por isso, mais do que nunca, é necessário ter cuidado com as notícias, principalmente com as que saem nos principais telejornais, revistas e jornais do país que, ao invés de informar a população sobre fatos realmente importantes, noticiam um sem número de besteirol com a finalidade de controlar os cidadãos. Para os que desejam ter acesso ás informações omitidas pela imprensa, indico os seguintes sites: www.midiasemmascara.org, www.olavodecarvalho.org, www.breviarium.com.br, www.deolhonamidia.org.br. Blogs: http://noticiasprofamilia.blogspot.com/http://notalatina.blogspot.com/ e http://brunopontes.blogspot.com/.     

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: