Chique de matar: o amor doentio de Hollywood por Che Guevara

Numa época em que a imprensa se cala diante da tortura do regime chinês a cristãos e opositores políticos, diante da desfaçatez com que o Holocausto é negado, e diante da escalada da violência comunista na América Latina, onde muitos se prontificam a se tornar representantes políticos de terroristas narcotraficantes, não é de se admirar que a imagem de um assassino como Ernesto “Che” Guevara seja glamurizada. Um tempo no qual, em nome da “qualidade de vida”, defende-se o aborto, e em que se evoca a liberdade de expressão para defender os que mais a ela se opuseram, como é o caso do “Che”, comparsa de Fidel Castro, e ídolo dos petistas que hoje governam o país.
 
Anúncios

  1. É impressioinate como, ou por ignorancia, ou por pura loucura as pessoas, mesmo cfatólicos e cristãos de outras denominações fazem apologia e homenagens a este Guevara, que tratou de assassinar estupidamente uma multidão de inocentes que queriam apenas a liberdade. Os verdadeiros defensores de Cuba foram eximados do mapa por este maluco e pelos irmãos Castro e ainda hoje nada é feito para parar os absurdos que acontecem na Ilha. Até quando Fidel e Raul vão continuar tendo o poder de assassinar seus opositores e mesmo rapazes e moças que sonham e ser livres???

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: